X Seminário de Planejamento Estratégico Sustentável do Judiciário continua com inscrições abertas

Nos próximos dias 29 e 30, será realizado o evento on-line X Seminário de Planejamento Estratégico Sustentável do Poder Judiciário (X SPES). O SPES é promovido pela Assessoria de Gestão Sustentável do Superior Tribunal de Justiça (AGS/STJ) desde 2014 e visa debater e promover a gestão pública sustentável e mais alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

O evento, transmitido pelo canal do STJ no YouTube, reunirá organizações públicas e privadas, representantes da sociedade civil e especialistas no tema. Os servidores do STJ poderão se inscrever pelo Portal do Servidor, na intranet. Para o público externo, as inscrições estão disponíveis no site da Enfam.

Confira a programação

Destaques do seminário 

A mesa de abertura do evento contará com a presença do ministro Og Fernandes, e a palestra ##inicial## estará a cargo do representante do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) no Brasil, Gustau Mañez Gomis, que apresentará o relatório do programa Fechando a Torneira, sobre a poluição plástica no mundo. A diretora do Departamento de Meio Ambiente do Ministério das Relações Exteriores, Maria Angelica Ikeda, falará sobre o contexto internacional desse desafio ambiental.

Como nas edições anteriores, a diretora do Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Gabriela Soares, apresentará o Balanço de Sustentabilidade do Poder Judiciário, que traz o ranking dos tribunais no Índice de Desempenho de Sustentabilidade (IDS), importante componente do Prêmio CNJ de Qualidade.

A palestra sobre o Projeto Poseidon encerrará as discussões do dia 29, com a apresentação do aplicativo desenvolvido por equipe de jovens brasileiros (Equipe Massa) que ganhou o prêmio da NASA para startups na categoria Impacto Galáctico, no evento Hackathon NASA International Space Apps Challenge 2019.

Novas normas de sustentabilidade  

O SPES também traz para o debate a nova norma PR 2030, da Associação Brasileira de Normas
Técnicas (ABNT), que trata de ESG, sigla que vem sendo sinônimo de sustentabilidade na iniciativa privada. O painel irá esclarecer as similaridades e diferenças entre ESG e o conceito multidimensional da sustentabilidade no setor público.

Outra importante discussão será sobre a metodologia de elaboração do Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa pelos órgãos do Poder Judiciário, conforme definido pela Resolução CNJ 400/2021. A ferramenta é fundamental para quantificar as emissões e as medidas de diminuição desse impacto, de maneira que as instituições públicas contribuam para reduzir o aquecimento global e as mudanças climáticas.

Ao longo de suas nove edições anteriores, o SPES se tornou referência em sustentabilidade na gestão pública e foi palco de importantes debates, como os que originaram a Resolução CNJ 201/2015, pioneira na definição da política de sustentabilidade no Poder Judiciário. 

Mais informações podem ser obtidas com a AGS nos telefones (61) 3319-6754 / 6781.

Fonte: https://www.stj.jus.br/sites/portalp/Paginas/Comunicacao/Noticias/2023/20062023-X-Seminario-de-Planejamento-Estrategico-Sustentavel-do-Judiciario-continua-com-inscricoes-abertas.aspx

Sobre o Autor

Sandro Rizzato

Sócio Fundador do escritório Pagotto, Rizzato & Lyra Sociedade de Advogados

Isso vai fechar em 0 segundos

Enviar Mensagem
Contato
Bem-vindo ao WhatsApp do escritório Pagotto, Rizzato e Lyra Sociedade de Advogados!

Por favor, aguarde um momento enquanto redirecionamos sua mensagem para um de nossos advogados especializados.

Se preferir, também pode nos contatar pelo telefone (27) 3235-8268.